Copa Mercosul de Patinação reuniu mais de 600 atletas em Campo Bom

DSC09758

Foram cinco dias de muita arte e troca de experiências entre brasileiros, uruguaios e paraguaios no Ginásio do Cei

De quarta-feira, 23, a domingo, 27, o Ginásio do Cei de Campo Bom foi palco de mais uma edição da Copa Mercosul de Patinação Artística. Evento que reuniu mais de 600 atletas de 47 clubes do Brasil, Paraguai e Uruguai foi palco de estreia de vários competidores, como alguns uruguaios que competiram fora de seu país pela primeira vez. Entre os técnicos, destaque para a presença de Marcel Ruschel Stürmer, patinador artístico considerado o mais importante do Brasil, dado o número de títulos acumulados durante a carreira.

A promoção da Copa Mercosul é da Patinart Academia de Patinação de Novo Hamburgo, com apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Smel). A entrada para os espetáculos foi um quilo de alimento não perecível, revertido para a Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação.

“Em contrapartida pelo apoio, contamos com o professor Léo Bencochêa, organizador do evento, no Programa Esportivo Social (PES). E a expectativa é que em 2023 nossas crianças, inclusive, participem da Copa Mercosul”, observa o prefeito Luciano Orsi.

O secretário de Esporte e Lazer, Eduardo Assmann, ressalta a importância da retomada da Copa Mercosul, depois de dois anos suspensa em função da pandemia. “Como se imaginava, a competição voltou com a mesma qualidade. Um grande evento que traz muita gente a Campo Bom.”


Imprimir