Em Campo Bom, mais de 150 profissionais de saúde passaram por capacitação sobre doação de órgãos

DSC07925

Encontros ocorreram em três dias para grupos diferentes, se encerrando na última quarta-feira (27) com os profissionais médicos

A Prefeitura de Campo Bom ofereceu uma série de palestras nos últimos dois meses a fim de capacitar os profissionais de saúde da rede pública para falar sobre doação de órgãos. Os encontros, organizados com parceria da Fundação Ecarta, de Porto Alegre, ocorreram em três momentos para grupos de profissionais diferentes: 15 de junho para agentes comunitários de saúde, 29 de junho para profissionais de nível superior e técnico e 27 de julho para profissionais médicos. Ao todo, mais de 150 profissionais da rede participaram das capacitações e agora estão aptos a abordar a doação e o transplante de órgãos e tecidos com pacientes campo-bonenses e familiares.

Para o prefeito Luciano Orsi, os esforços, principalmente do gabinete da primeira-dama Kátia Orsi, grande incentivadora da doação de órgãos no Município, têm o propósito de desmistificar o assunto. “Campo Bom quer, a partir do maior debate sobre o processo de doação, aumentar o número de doadores, assim ajudando a salvar vidas”, destaca. “Quando procuramos a Glaci Borges, criadora do projeto Cultura Doadora, foi justamente com o propósito de eliminar preconceitos a respeito do tema junto à comunidade campo-bonense”, afirma a primeira-dama.

O movimento de aproximação do Município com a Fundação Ecarta também levou à implantação, no Hospital Lauro Reus, da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos (Cihdott), grupo que já discute a organização de ações informativas no ambiente hospitalar e a instalação de protocolos que vão integrar o hospital à rede de hospitais capacitados para receber doações e realizar transplantes. A Drª Fernanda Bonow, coordenadora da Organização de Procura de Órgãos (OPO) da região 1, área de atuação da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, foi quem palestrou na última quarta-feira (27) para os médicos campo-bonenses.

DSC07985

Foto: Emerson Santos/PMCB


Imprimir